PF confirma indiciamento da primeira-dama do Ceará por compra de votos

A investigação foi iniciada com a prisão em flagrante de Ana Quitéria, assessora da primeira-dama, dois dias antes da eleição (2 de outubro)