'Ninguém é obrigado a continuar como ministro meu', diz Bolsonaro sobre fala de Paulo Guedes

Comentário de Bolsonaro é resposta a entrevista em que o ministro da Economia disse que deixará o governo caso a reforma da Previdência vire uma 'reforminha'