Direito de expressão 'não deve alimentar o ódio', diz Toffoli

As declarações foram feitas dois dias após o ministro Alexandre de Moraes mandar tirar do ar a reportagem que citava o presidente do STF