Carlos Bolsonaro é investigado por suspeita de empregar funcionários 'fantasmas'

Procurado para comentar o caso, o vereador não foi localizado. Ele pediu licença da Câmara, nesta terça-feira(10), para tratar de assuntos particulares.