Após sinalizar desistência, Bolsonaro promete reforma administrativa para a próxima semana

A proposta, que começou a ser discutida entre governo e congressistas, é o Executivo deixar de enviar uma PEC (proposta de emenda à Constituição) de sua autoria e aproveitar matérias já em tramitação