Apesar de pressões internas e pedidos de renúncia, Vélez diz que fica no cargo

Na noite de quarta-feira (27), o presidente Jair Bolsonaro foi às redes sociais para dizer que o ministro não foi exonerado