Lideranças de PT e PDT tentam pacificar divergências para candidatura em Fortaleza

Pelo cenário de hoje, cada partido defende candidatura própria. Petistas e pedetistas da ala “moderada” cogitam acordo. Nos bastidores, o governador Camilo Santana seria um dos maiores entusiastas da união, que é difícil de acontecer