Governistas garantem a 1ª aprovação tranquila

A oposição, com pouco voto, ainda tentou adiar mais uma vez a votação, mas a base aliada estava em peso no plenário