Em abalo para a Lava Jato, STF decide que Justiça Eleitoral julga corrupção quando há caixa 2

O resultado consolidou que investigações sobre políticos suspeitos de caixa dois e, ao mesmo tempo, de corrupção devem ser remetidas para os tribunais eleitorais. Decisão da Corte motivou reações diversas