Abuso de poder já começa na pré-campanha, alertam promotores

Uso de propaganda institucional para promoção pessoal, programas de assistência, como distribuição de cesta básica; realização de grandes eventos e outras condutas podem custar a candidatura e até mesmo o mandato