Políticos cearenses reagem à decisão