Voz que liberou acesso de acusado de matar Marielle não é de porteiro que citou Bolsonaro, diz laudo

Laudo da Polícia Civil mostra que o áudio da portaria não sofreu qualquer tipo de edição. Áudio aponta também que pessoa que concedeu a autorização para a entrada de Élcio no condomínio foi o policial reformado Ronnie Lessa