STF retoma julgamento de criminalização da homofobia; acompanhe

Até o momento, somente o relator do caso, ministro Celso de Mello, votou a favor da criminalização pelo Judiciário