Promotora que fez campanha para Bolsonaro se afasta do caso Marielle

A decisão foi tomada após a divulgação de fotos de Carmen Carvalho em apoio ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) e ao lado do deputado estadual Rodrigo Amorim (PSL-RJ), que quebrou a placa em homenagem à vereadora assassinada