Projeto defenderá de forma gratuita vítimas de violações de direitos fundamentais

Segundo Vasconcelos, a ideia surgiu por causa do que considera um aumento nos episódios de violação da liberdade de opinião, de ensino e transgressões ligadas a raça, religião e gênero