Projeto aprovado na CCJ permite liberdade para gestantes e mães condenadas

O benefício, no entanto, não poderá ser concedido a condenadas integrantes de facções criminosas e acusadas de crimes cometidos com violência ou "grave ameaça" a uma pessoa