Presidente do Inep diz que gráfica do Enem pode ser penalizada

Primeira edição do exame sob responsabilidade do governo Bolsonaro teve erros nas correções das provas de quase seis mil estudantes