Pai e madrasta são condenados pela morte do menino Bernardo em mais de 30 anos de prisão

O garoto foi assassinado há cinco anos, no Rio Grande do Sul, com uma super dosagem de medicamentos injetadoa pela madrasta. Outras duas pessoas também foram condenas pelo crime