MP prende acusado de integrar milícia que atua na Muzema

Marcus Vinicius, conhecido como Fininho, é acusado de integrar a organização conhecida como Escritório do Crime, que atua em atividades ilegais como grilagem, construção e venda e locação ilegais de imóveis