Ministério da Saúde libera R$ 152 milhões em caráter emergencial para o Rio

O Tribunal Regional do Trabalho determinou o confisco de R$ 300 milhões nas contas do município, esse dinheiro tem que ser usado no pagamento de salários atrasados de profissionais da saúde