O Clássico e arbitragem em tempos de cólera