Governo está entre soja e fruta