Editorial: Olhar para a periferia