Editorial: Fronteiras de crescimento