Editorial: A sustentação do assédio