CDC: é preciso continuar avançando