Sofrer não é método: Ceará precisa amenizar a dor do torcedor