Agonia e êxtase da criação