Setor elétrico do Ceará está na mira dos investidores chineses

Depois que uma companhia da China sinalizou a aquisição da UTE Pecém I, especialistas dizem que o capital chinês busca no Estado e no restante do País usinas solares, eólicas, termoelétricas e linhas de transmissão