Rede Selina quer, pelo menos, três unidades no Ceará em 2019

O grupo, que nasceu no Panamá, visualiza potencial em Jericoacoara e Canoa Quebrada, além de Fortaleza. Na Capital cearense, a empresa quer um empreendimento que acomode 500 leitos