Sócio de construtora envolvida em calote, coreano não tinha experiência na construção pesada

Ao Diário do Nordeste, ele afirmou que aceitou o convite para ingressar na construtora Braco por ter identificado um “problema de administração na empresa, e não técnico”