Reajuste médio no preço da carne fica entre 8% e 10%; consumidor sentirá a partir do dia 10 de abril

Segundo o Diário Oficial, na comparação com os preços praticados hoje com os que passam a vigorar, haverá um aumento de 50% para o Grupo 4 (outras carnes bovinas sem osso), passando de R$0,44 o quilo, em 2016, para R$0,66 o quilo, a partir da instrução da Sefaz