Na esteira da crise argentina, dólar sobe 1,110% e vai ao maior patamar em 3 meses

A vitória de Cristina Kirchner na prévia das eleições na Argentina fez o dólar fechar a R$ 3,9850