Meirelles critica Bolsonaro, estima queda de 3% para PIB e vê diferenças com 2008

Ele também explicou o que vê de diferente em relação à crise financeira de 2008, quando ele era presidente do Banco Central