INSS começa pente-fino em benefícios com suspeitas de irregularidades

A meta é analisar cerca de três milhões de pagamentos suspeitos pelos próximos 18 meses