Governo estuda medida para trabalhador escolher sacar FGTS anualmente ou quando for demitido

De acordo com a proposta, o trabalhador faria uma escolha. Caso opte por sacar anualmente, em caso de demissão, o trabalhador não terá mais o direito de sacar o volume depositado pela empresa. No entanto, se deixar de de sacar os recursos, poderá recebê-los integralmente, caso seja demitido