Entidade de domésticas contesta fala de Guedes e cobra redução da informalidade

Presidente destaca que "nos últimos anos a empregada doméstica passou a ter os mesmos direitos do trabalhador de uma empresa"