Embraer aguarda Justiça para votar acordo com a Boeing

Além da venda do controle da divisão de aeronaves comerciais, em que a Boeing terá 80%, formando a empresa Newco, será composta uma  joint-venture para o KC-390, da qual a Embraer terá 51% e a Boeing, 49%