Em manobra 'suicida', Caixa executa dívidas da Odebrecht e lança grupo à recuperação judicial

A decisão foi tomada como forma de pressionar a empresa a abrir negociação e oferecer garantias mais firmes que protejam o banco