Em maio, Ceará perde mais de 1,4 mil vagas de emprego formais

O resultado negativo foi registrado pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho; em maio do ano passado, havia sido geradas mais de 2 mil vagas