‘Efeito Avianca’ faz preço de passagem aérea subir até 140%

Em recuperação judicial desde dezembro, a companhia aérea deve cerca de R$ 700 milhões às arrendadoras de aviões