Economia vai crescer menos que em 2018, diz Itaú

"Acreditamos que o crescimento do PIB poderá acelerar para 2,0% no próximo ano, após corte da taxa Selic para 5,5%", escreveu o banco em nota