Conselho monetário fixa em 3,5% meta da inflação de 2022

Em 2017, o conselho determinou que a meta seria de 4,25% em 2019 e de 4% em 2020. A diminuição reflete ainda um otimismo com a aprovação da reforma da Previdência