Cesta básica em Fortaleza avança mais de 10% no ano e é a mais cara do Nordeste

Em 2019, o conjunto de alimentos essenciais na capital cearense ficou 12,93% mais caro, segundo o DIeese