BC reduz travas de bancos, e R$ 135 bilhões podem ser injetados na economia

O BC também reconhece que esse montante potencial não necessariamente será liberado para empréstimos e que a decisão sobre o uso dos recursos caberá exclusivamente aos bancos