Azul diz não ter como competir na ponte aérea

Segundo presidente da companhia aérea, a Azul foi a única a apresentar propostas (na disputa pela Avianca Brasil) que preservariam empregos, consumidores e credores