Auditoria vê ágio injustificável em compras de fundos geridos por Guedes

Os investimentos foram feitos com recursos captados de fundos de pensão patrocinados por estatais e do BNDES