Assembleia da Embraer aprova acordo com Boeing com 96,8% dos votos válidos

Contrato determina a criação de uma nova companhia, na qual a Boeing terá 80% de participação e a brasileira, 20%