Estado quer arrecadar pelo menos R$ 185,6 mi com leilão de imóveis

Após parceria do Porto do Pecém com Roterdã, com venda de 30% do ativo, o Governo pretende repassar três terrenos à gestão da iniciativa privada. Recessão teria provocado a morosidade do programa de cooperação