Egídio Serpa: o dilema dos governadores